Conheça as principais vantagens da Gestão da Qualidade na educação básica

Atualizado: 8 de Nov de 2019


Se você acha que sua escola não precisa, é melhor ler até o final


Esse material não pretende esgotar o assunto abordado, e sim motivar os gestores a refletirem acerca de como oferecer excelência na educação e se tornarem competitivos em seu mercado.

As escolas de educação básica estão buscando diferenciais para conseguirem se manter em um mercado tão disputado que proporciona inúmeras alternativas para os clientes. O nível concorrencial vem aumentando desenfreadamente no Brasil com a entrada de novos grupos educacionais, tendo atuação focada nos segmentos infantil, fundamental e médio e projetos de implantação de redes de ensino, o que diminui os custos de operação com material e formação dos docentes, além da força de posicionamento da marca.

Como se tudo isso não fosse o bastante, nossa economia torce contra a educação, uma vez que os pais perdem renda e correm para a escola para solicitar desconto ou deixam de pagar a escola e negociam no final do ano.

As escolas podem adotar um programa de qualidade por diferentes motivos, e a decisão pela implantação de um programa que assegure qualidade na entrega leva em conta aspectos como estar em conformidade com alunos, pais e professores, aprimorar e dinamizar o sistema de gestão educacional, minimizar perda de alunos e receitas por processos falhos e com pouco desempenho organizacional.

Minhas visitas em escolas de diferentes regiões do Brasil têm mostrado que o sistema de qualidade atende diferentes demandas. Pude perceber que muitos mantenedores se queixam de falta de tempo para pensar no futuro da escola e até mesmo no planejamento de curto prazo, já outros se mostram preocupados com a sucessão, uma vez que os herdeiros não demonstram interesse em continuar na área de educação.

É imperativo, portanto, que se reconheçam os benefícios de entregar qualidade superior às expectativas dos clientes.

De acordo com Barcellos (2000), uma estratégia defensiva voltada para a retenção de clientes pode resultar em melhor desempenho empresarial, principalmente enfocando aspectos como a melhoria da qualidade dos serviços e o devido tratamento das reclamações.

Entre os benefícios assegurados pelo Programa de Qualidade na gestão escolar podemos destacar, de forma ampla, os seguintes:

  • Promove a competitividade e a sustentabilidade da instituição de ensino

  • Promove o aprendizado organizacional, possibilitando a avaliação e a melhoria da gestão de forma abrangente

  • Melhora a compreensão dos anseios dos pais, alunos e educadores.

  • Mensura os resultados da escola de forma objetiva

  • Desenvolve a visão sistêmica dos diretores da escola

  • Estimula o comprometimento e a cooperação entre os colaboradores

  • Desenvolve a cultura da excelência em todas áreas

  • Padroniza processos e facilita a transição dos colaboradores em diferentes áreas

  • Permite um diagnóstico objetivo e a mensuração do grau de maturidade da gestão

  • Permite que os líderes deleguem funções e tenham foco nos resultados pedagógicos

Nos próximos textos abordarei com detalhes cada princípio da qualidade com aplicação prática nas áreas da gestão escolar. Para garantir o recebimento, siga o perfil da DPGE no Linkedin ou se inscreva pelo site para receber nossos materiais mensalmente.

João Maurício é Consultor em Gestão Escolar, formado em Administração de empresas com MBA em Marketing, estudando MBA em Gestão Escolar pela ESALQ USP. Atua na implantação de certificação da qualidade e em pesquisa de mercado com desenvolvimento de estratégias competitivas. Desenvolve estudos sobre Competitividade, Qualidade, Crédito e Cobrança para Instituições de Ensino Básico.

#Qualidade

0 visualização